Deputado Estadual Antonio Mentor 13199 é MAIS

Mentor sugere contratação temporária de funcionários para Ciretrans

O deputado estadual Antonio Mentor sugeriu ao secretário de Segurança Pública do Estado, Antônio Ferreira Pinto, a contratação de trabalhadores qualificados em regime temporário para suprir a falta de funcionários e melhorar o atendimento das Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito) nos municípios paulistas. Líder da Bancada do PT na Assembleia Legislativa, Mentor se reuniu na tarde desta quarta-feira (23/02) com o secretário, na sede da Secretaria de Segurança Pública. Também participaram da reunião o deputado do PT, José Zico, e demais parlamentares integrantes da Comissão de Transportes da Assembleia.

Segundo o deputado, Ferreira Pinto declarou que a situação das Ciretrans deverá melhorar após as mudanças na Secretaria de Segurança. “O secretário reafirmou que o Detran e as Ciretrans serão transferidos para o comando da Secretaria de Gestão Pública. Mas, esse processo pode demorar seis meses, um ano ou até mais”, disse.

Mentor questionou o secretário sobre as medidas que podem ser adotadas a curto prazo para melhorar o atendimento prestado hoje pelas diversas Ciretrans no Estado. “As Ciretrans de muitas cidades paulistas enfrentam falta de funcionários e contam com trabalhadores sem qualificação técnica para a emissão de documentos”, comentou.

Uma alternativa para solucionar o problema, de acordo com o deputado, seria a contratação temporária de pessoas com experiência, vinculadas ao estatuto do servidor público estadual e não do município, que não tem responsabilidade sobre a gestão das Ciretrans. “Fiz a proposta ao secretário e ele garantiu que irá estudar essa possibilidade. Vamos aguardar uma resposta”, afirmou Mentor.  

Mudança de secretaria

A mudança do Detran, da Secretaria de Segurança Pública para a Secretaria de Gestão Pública, foi anunciada em dezembro pelo governador Geraldo Alckmin. Na ocasião, o tucano justificou que pretendia, com essa medida, aumentar o número de serviços do Detran oferecidos por meio da internet e garantir mais eficiência ao departamento.

Em entrevista à Agência Estado, em dezembro, o secretário de Segurança Pública declarou que a atividade do Detran não tem nenhum viés de segurança pública e afirmou não saber as razões pelas quais foram criadas duas delegacias e uma corregedoria no Detran.

"Vamos extinguir essa divisão policial e aproveitar todos os cerca de mil homens do Detran para outras atividades, entre policiais, investigadores, escrivães, oficiais administrativos e delegados". No seu entender, as delegacias e a corregedoria no Detran são "absolutamente ociosas e desnecessárias".

Logotipo

Redes Sociais

Twitter Facebook

© 2014 Copyright
Candidatura de Antonio Mentor
Todos os direitos reservados